top of page

Criatividade com Arduino: 3 Projetos para aprender prototipagem

Atualizado: 7 de jul.

Por: Gabriel Flórido e Luca Gabriel


A prototipagem tem crescido bastante nos últimos anos, desde a automação de tarefas simples até a projeção de casas inteligentes e um componente que tem ajudado a desenvolver e facilitar o acesso a esses projetos é o Arduino, o microcontrolador mais conhecido no mundo.


Você também pode entrar no mundo da prototipagem, especialmente agora que os componentes são de fácil acesso e fácil aprendizado, então confira com a gente 3 ideias para começar na prototipagem!


O que é o Arduino?


A fama do Arduino é bem justificada: esse microcontrolador é extremamente versátil e pode ser usado em projetos bem simples até projetos mais complexos. Sua interface, a Arduino IDE, é muito parecida com computadores e é programado em uma das linguagens mais comuns, C++.


"Então quer dizer que eu posso construir um computador utilizando ele?" De certa forma, sim. O Arduino é capaz de se conectar com componentes e periféricos necessários para se construir um computador, mas o seu processador, o ATmega328P, não é potente o suficiente para simular um computador inteiro. Mesmo assim, o Arduino ainda é uma ótima opção para projetos de prototipagem que não exijam um grande esforço computacional.


Projetos para implementar com Arduino


Novamente, o Arduino é bastante versátil e pode ser usado em praticamente qualquer aplicação, mas aqui temos algumas ideias para começar!


É importante dizer que você não precisa de ferramentas ou sensores para começar a projetar. Existem vários sites que simulam os projetos de forma gratuita, como o Tinkercad, que te permitem soltar a imaginação sem comprar nenhum componente!


Controlar LEDs


Uma das aplicações mais simples, mas que ensinam muito sobre como o Arduino funciona é controlar o acendimento de um LED através de um interruptor.


Você pode estar se perguntando se o Arduino é realmente necessário em um projeto tão simples como esse, e a resposta é: não, o Arduino é completamente desnecessário. Mesmo assim, é um projeto que ensina muito bem como o microcontrolador interage com sinais de entrada e gera sinais de saída, além de ensinar a diferença entre portas analógicas e digitais.


Depois que você aprender a controlar o acendimento de um LED, pode tentar usar um potenciômetro para controlar o brilho da lâmpada. Se quiser um desafio maior, aumente o número de LEDs e tente criar uma animação com as lâmpadas: uma acende de cada vez e, quando chegar na última, acenda a primeira, reiniciando o ciclo.


Sensor de movimento


Outro projeto bem interessante é projetar uma luz de acendimento automático com um sensor infravermelho, ou sensor PIR. Esse é outro projeto em que o Arduino é desnecessário, mas também é bem interessante para aprender propriamente como ler dados enviados por sensores. É possível, também, aumentar a complexidade desse projeto: o LED só acende quando o sensor PIR e um interruptor estiverem acionados.


Cadeado smart


Pensando em um projeto mais complicado e criativo com o Arduino seria usar um leitor e um cartão RFID, para que funcione como um cadeado que só abre quando se passa um cartão específico. O RFID é um sistema de identificação que utiliza dispositivos pequenos de identificação de radiofrequência, de modo que cada cartão possua um código de identificação único. Com isso, você pode colocar esse sistema em várias portas e usar um cartão no lugar das chaves para abrir as fechaduras.


Ficou interessado?

 

Caso queira criar algum projeto envolvendo Arduino basta entrar em contato conosco pelo “Contato” no site ou mande alguma mensagem nas nossas redes sociais. Nos siga nas redes sociais e acompanhe nosso blog para sempre estar por dentro de novidades no mundo da engenharia!! 


5.773 visualizações1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

1 Comment


GILVANE SBARDELOTTO
GILVANE SBARDELOTTO
Jul 05

Sou profa de português, quero trabalhar texto e movimento inserindo a robótica, tenho um kit Arduino Uno. Preciso de material (iniciantes) para trabalhar com 2 alunos do ensino fundamental II. Tem alguma sugestão de material para orientá-los?

Like
bottom of page