top of page

Como os transistores tornaram a tecnologia tão pequena?

Atualizado: 19 de abr.



O mundo contemporâneo é completamente baseado em computadores, como notebooks ou computadores de mesa. Já se perguntou como os enormes computadores da década de 1960, que ocupavam salas inteiras, passaram a caber na palma de nossas mãos? A resposta para essa pergunta é o dispositivo que serve de fundação para toda a computação moderna, o transistor.


História do Transistor


Antes da invenção do transistor, os dispositivos utilizavam válvulas que eram caras e ocupavam muito espaço. Por esses fatores, na década de 50, os cientistas William Shockley, John Bardeen e Walter Brattain inventaram o transistor, permitindo que eles ganhassem o prêmio Nobel de Física de 1956. Apesar do dispositivo ser de grande porte quando inventando, seu tamanho diminuiu com o avanço da tecnologia e se tornou acessível à população. 


O transistor foi criado na década 50 na América do Norte pelos físicos William Shockley, John Bardeen e Walter, contribuindo muito para o avanço tecnológico, e um ano após eles ganharam um prêmio Nobel. 


O que são Transistores?


Transistores são semicondutores essenciais à maioria dos dispositivos elétricos devido a sua capacidade de controlar a passagem de corrente elétrica em circuitos. Quando um transistor é alimentado por uma baixa corrente elétrica de entrada, ele a amplifica, produzindo uma corrente de saída mais intensa. Além disso, devido a sua velocidade extremamente rápida, resistores são capazes de barrar a passagem de correntes em chips eletrônicos.


Há vários tipos de transistores, porém todos eles têm algo em comum que é controlar a passagem de corrente elétrica, os transistores mais comuns são os que amplificam, fazendo com que a corrente elétrica da saída seja maior do que a entrada, já os interruptores,  podem permitir ou não a passagem de corrente.


A mudança causada pelos Transistores


Com a chegada dos transistores, uma de suas primeiras aplicações foi a construção de calculadoras com uma potência nunca vista antes, como o ENIAC (Eletronic Numeric Integrator and Computer). O ENIAC  proporciona um meio muito mais rápido e prático de fazer contas com grande precisão e certeza.


Logo depois, foi desenvolvido o EDVAC (Electronic Discrete Variable Automatic Computer), que utilizava transistores e realizava operações em base 2, necessitando de menos espaço para armazenar os dados.


Com o passar do tempo os transistores foram ficando menores, chegando a níveis atômicos, o que possibilitou a invenção de computadores, celulares e chips cada vez mais compactos e menores.


Ficou interessado?


Gostou de aprender mais sobre transistores? Aprendeu alguma coisa nova? Então nos siga nas redes sociais para sempre estar por dentro de novidades!! 


E caso tenha ficado interessado em descobrir como a 3E Unicamp pode te ajudar, entre em contato conosco AGORA mesmo de forma 100% gratuita e sem qualquer compromisso!



54 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

コメント


bottom of page