top of page

Smart-homes: O que é automação residencial e seus benefícios?

Atualizado: 21 de jun.

Por: Laryssa Moraes e Raísa Rodrigues


Você já ouviu falar nas casas inteligentes? E em dispositivos como a Alexa? Esses termos estão em alta e têm relação com a automação residencial, ou seja, o uso de equipamentos eletrônicos que usam a Internet das Coisas (IoT) para facilitar as funções domésticas. Quer saber mais? Então nos acompanhe e aprenda tudo sobre as smart-homes e seus benefícios!


O que é automação residencial?


Automação Residencial, ou Domótica, refere-se ao uso de tecnologia para automatizar e controlar eletrodomésticos, sistemas e dispositivos em uma casa, tornando-a inteligente. Isso inclui iluminação, aquecimento, ventilação, ar condicionado, sistemas de segurança, entretenimento doméstico e outros dispositivos conectados.


A automação dessas funções de uma casa depende de eletrodomésticos e eletroeletrônicos que possam se conectar com a Internet das Coisas (“IoT - Internet of Things”, em inglês) e de um sistema que permita a integração de todos os comandos em um único painel de controle, possibilitando assim transformar qualquer casa em uma smart-home.


Quais são os benefícios da automação residencial?


1. Conveniência e conforto

  • Controle Remoto: Permite controlar dispositivos e sistemas em sua casa de qualquer lugar, utilizando um smartphone, tablet ou até mesmo por comandos de voz.

  • Programação: Possibilidade de programar rotinas diárias, como acender as luzes ao anoitecer ou ajustar a temperatura do termostato.

  • Assistentes Virtuais: Integração com assistentes de voz como Alexa, Google Assistant e Siri para controle por comandos de voz.

2. Eficiência Energética

  • Termostatos Inteligentes: Ajustam automaticamente a temperatura para otimizar o uso de energia.

  • Iluminação Inteligente: Sensores de movimento e lâmpadas LED que podem ser programadas para desligar quando não estão em uso.

  • Monitoramento de Consumo: Dispositivos que monitoram e fornecem relatórios sobre o uso de energia, ajudando a identificar áreas de desperdício

3. Segurança

  • Câmeras de Segurança: Monitoramento em tempo real e gravação de vídeo para vigilância.

  • Sensores de Movimento e Portas/Janela: Alertas quando há atividade suspeita.

  • Alarmes Inteligentes: Integração com sistemas de alarme que podem ser controlados remotamente e enviar notificações em caso de emergência.

  • Fechaduras eletrônicas: com a possibilidade de trancamento automático, traz mais segurança e facilidade por dispensar o uso de chaves.

4. Acessibilidade

  • Dispositivos Assistivos: Facilitam a vida de pessoas com mobilidade reduzida, permitindo controle fácil de eletrodomésticos e sistemas.

  • Automação de Tarefas Domésticas: Automação de tarefas diárias, como aspiração e limpeza com robôs aspiradores.

5. Entretenimento

  • Sistemas de Áudio e Vídeo Integrados: Controle centralizado de sistemas de entretenimento, possibilitando uma experiência de cinema em casa.

  • Streaming de Música: Controle de música em várias salas através de sistemas integrados.


6. Valor de mercado

  • Atração para Compradores: Casas com sistemas de automação tendem a ser mais atraentes no mercado imobiliário.

  • Valorização da Propriedade: Investimento em automação pode aumentar o valor da propriedade.


Tem um projeto envolvendo smart-homes? Saiba como a 3E pode te ajudar!


Caso queria criar algum projeto para transformar sua casa em uma Smart-home usando conceitos de Internet das Coisas ou Sistemas de Monitoramento, clique no botão “Contato” no site ou mande mensagem pelas redes sociais para saber como a 3E pode te ajudar! Acompanhe o blog e nossas redes sociais para saber mais sobre engenharia elétrica. 


284 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page